Construção de um poço artesiano

Nenhum comentário
[vc_custom_heading text=”Compartilhe” font_container=”tag:h6|text_align:center” use_theme_fonts=”yes” css=”.vc_custom_1564597713120{margin-top: 3% !important;margin-bottom: 2px !important;}”]

A construção de um poço artesiano é um serviço de engenharia cada vez mais requisitado. Primeiro, porque pode garantir uma fonte de água de boa qualidade a um custo relativamente baixo, além disso, é uma forma de oferecer maior segurança hídrica diante de possíveis falhas no abastecimento da rede pública.

Ter um poço pode gerar uma economia de até 50% no final do mês e é uma ótima estratégia a ser adotada se você é dono de estabelecimentos que necessitam de fornecimento contínuo de água, ou até mesmo para economizar em casa e se livrar do sistema de distribuição de água.

Só que a construção de um poço precisa combinar projetos consistentes, equipamentos adequados e mão de obra capacitada.

Esse processo conta com as seguintes etapas:

VISTORIA TÉCNICA

Projetos para obras de captação de água subterrânea devem ser realizados em conformidade com a ABNT NBR 12.212:2017 – Projeto de poço tubular para captação de água subterrânea — Procedimento. Essa norma prevê que toda construção de poço, por mais simples que possa parecer, requer um estudo prévio do solo e um planejamento adequado.

A construção de um poço artesiano está sujeito às condições geológicas do local da perfuração, por isso, antes de perfurar um poço artesiano, deve-se considerar variações sazonais que levam à seca de fontes em alguns períodos e é necessário uma vistoria técnica de uma equipe qualificada para conhecer a vazão real da região.

Essa vistoria requer a aplicação de conhecimentos científicos, tecnologias, experiência em perfuração e manifesto senso comum.

Antes de começar o projeto de um poço artesiano de alto desempenho, a CPA Poços Artesianos realiza uma vistoria técnica, liderada por um geólogo habilitado. Com um diagnóstico detalhado, é possível definir o melhor método a ser utilizado e todas as características técnicas construtivas do poço.

PERFURAÇÃO

A perfuração de um poço artesiano passa por várias camadas de terreno: aluvião ou terra, rocha alterada e, finalmente, rocha sã.

A perfuração de um poço é uma atividade especializada na área de engenharia, portanto, deve ser realizado por funcionários, geólogos, ou engenheiros com especialização na área reconhecida pelos órgãos de fiscalização profissionais específicos, além de equipamentos modernos e alta tecnologia e uma equipe de profissionais e técnicos com ampla experiência.

Para garantir o sucesso do poço e que o projeto contemple os materiais indicados, a CPA conta com a atuação de geólogos experientes, desde a elaboração do projeto, passando pela construção, teste de vazão e sua interpretação.

Utilizamos máquinas percussoras para perfurar poços, com equipamentos menores e exclusivos, que têm capacidade de perfurar em qualquer lugar e em até 24 horas.

TESTE DE VAZÃO

Estes testes são realizados para avaliar se os padrões de vazão de um poço correspondem às expectativas de projeto, atendendo à demanda do usuário e adequado à capacidade de um poço.

Em um poço novo, o teste de vazão se faz necessário, pois só assim será possível identificar, de forma consistente, qual a produção do poço e qual o sistema de bombeamento que deverá ser instalado (bomba, cabos, tubulação e painel).

O teste é a ferramenta essencial para definir o melhor rendimento do poço na relação aquífera, sistema de bombeamento e consumo de energia. Para garantir que o teste seja preciso, a CPA executa o teste por no mínimo 24 horas ininterruptas e com acompanhamento de técnicos de campo experientes.

Como resultado, teremos uma avaliação da real capacidade atual do poço, que em comparação com os dados construtivos, podem mostrar se houve ou não uma diminuição de sua capacidade produtiva, podendo ser tomadas atitudes de recuperação ou equalização de sua operação.

OUTORGAS

A Licença de Perfuração e a Outorga de Direito de Uso, são os documentos necessários para utilizar a água de um poço artesiano. Para que estes documentos tenham efeito legal, devem ser elaborados por um geólogo habilitado no CREA.

A licença para ter um poço artesiano chama-se outorga e assegura a você o direito de utilizar os recursos hídricos.

É necessário também a autorização fornecida por órgãos estaduais, gestores do recurso hídrico, com validade pré determinada. Em Minas Gerais, essa outorga de direito de uso é concedida pelo Instituto Mineiro de Gestão de Águas (IGAM), responsável pelas licenças, e a regularização ambiental de acordo com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad).

A Licença de perfuração tubular, documento que registra o tipo de poço desejado, detalhes da construção, características geológicas da área, localização da área e finalidade de uso.


 

Nós, da CPA, temos uma equipe pronta para atendê-lo da forma mais rápida e eficiente, tendo capacitação para cumprir todas as etapas da construção de poço artesiano.

Consulte-nos para mais detalhes.

dicas para economizar água
Dicas para economizar água
estudo geofísico
Estudo Geofísico, porque fazer?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fill out this field
Fill out this field
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu