Poço Artesiano, Semi-artesiano e Cisterna

Nenhum comentário
[vc_custom_heading text=”Compartilhe” font_container=”tag:h6|text_align:center” use_theme_fonts=”yes” css=”.vc_custom_1564597713120{margin-top: 3% !important;margin-bottom: 2px !important;}”]

Entenda os tipos de poços e suas instalações.

Desde o início da civilização, o homem realiza escavações para obter água subterrânea. Por volta de 5000 anos a.c, os chineses iniciaram perfurações de poços com grande profundidade.

Atualmente, com a alta tecnologia, a perfuração de poços artesianos passou a ser uma alternativa para a obtenção de água potável.

Por isso, compreender as diferenças entre os tipos de poços é muito importante, pois isso auxilia a termos uma melhor noção a respeito de obras envolvendo a instalação e funcionamento dos diferentes tipos.

O poço artesiano

O poço artesiano é perfurado para captar água no subsolo e não depende do uso de bombas, pois a pressão liberada da própria corrente de água realiza todo o serviço e permite que a água flua de maneira natural no solo.

O poço artesiano tem vazão de água de 2 m³ (2 mil litros) em média e dura em média até 40 anos.

É importante analisar bem as condições e a profundidade do local, evitando prejuízos ambientais e até mesmo estruturais.

O custo de perfuração de um poço artesiano é alto, trazendo, porém, compensações a longo prazo.

Esse investimento pode te gerar uma economia de até 50% no final do mês e é uma ótima estratégia a se adotar se você é dono de shoppings, hotéis, restaurantes, postos de gasolina, estabelecimentos que necessitam de fornecimento contínuo de água, ou até mesmo se for morador de um condomínio.

A área próxima terá disponível sua própria fonte, podendo se desvincular totalmente ou parcialmente da companhia de fornecimento local.

Veja mais:

5 Etapas para construção de um poço artesiano

Os poços semi-artesianos

Há outra classe de poço, os chamados poços semi-artesianos.

Eles são um pouco diferentes dos poços artesianos, pois não possuem uma pressão necessária, capaz de elevar a água até a superfície e dependem de bombas submersas para que a água alcance o topo.

O poço semi-artesiano apresenta água de melhor qualidade e não necessita grandes manutenções, porém, a realização de manutenções preventivas deve ser feita anualmente ou no máximo a cada dois anos para uma vistoria da bomba, dos tubos e cabos que envolvem o mecanismo.

Cisterna

Esse sistema consiste em um reservatório ou depósito que faz a captação e armazenamento da água da chuva, e, por captar a água que está localizada mais próxima da superfície, apresenta custos menores.

É economicamente sustentável e seguro, utilizado para o reaproveitamento da água para descargas de banheiros, regadores de jardim, lavagem de pisos ou carros, entre outras atividades domésticas.

É considerada uma das melhores e mais eficazes opções em relação à redução no consumo de água, podendo ser instalada em apartamentos, condomínios e casas. Com ela, é possível economizar até 50% do valor da conta de água.

Normalmente, a cisterna é localizada no interior do solo e funciona da seguinte maneira: a água da chuva passa pelas calhas e é levada a um filtro, que elimina os galhos, folhas e demais resíduos, seguindo para dentro do reservatório. Nele, há um freio d’água que impede que a entrada de água agite o seu conteúdo. Quando a cisterna estiver cheia, o excesso de água é automaticamente descartado através de um cifrão ligado diretamente na tubulação de água pluvial do sistema.

Por outro lado, a cisterna nem sempre apresenta uma água de qualidade, pois pode conter partículas de poeira, fuligem, e outras impurezas. Por essa razão, não é apropriada para consumo humano, apenas para o uso doméstico.

Você também pode gostar de:

Poços Artesianos: elimine suas 7 maiores dúvidas

 


Seja ele poço artesiano, semi-artesiano ou a popular cisterna, o fato é que o poço é importante para a vida diária, principalmente em áreas rurais.

Consulte-nos para mais detalhes! A CPA Poços Artesianos garante qualidade em equipamentos, atendimento, estrutura, conhecimento técnico e no pós-venda.

Solicite seu orçamento.

Como ter água em períodos de racionamento

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fill out this field
Fill out this field
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu